ACOMPANHE O GERALDO LUÍS

PUBLICIDADE

Página Inicial » A Fazenda » Alencar passa a noite em UTI e hospital diz que estado de ex-vice é 'crítico'



Alencar passa a noite em UTI e hospital diz que estado de ex-vice é 'crítico'

29/03/2011 09:00

O ex-vice-presidente José Alencar, de 79 anos, foi internado na tarde de segunda-feira (28) em “condições críticas” e passou a noite na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Sírio-Libanês.

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital às 17h de ontem, o ex-vice apresentou um quadro de suboclusão intestinal, ou seja, parte do intestino de Alencar está entupido em decorrência do câncer na região.

Ainda de acordo com o hospital, Alencar foi submetido a exames e “medidas de suporte necessárias”. O hospital não deu detalhes sobre quais serias estas medidas.

Alencar teve alta hospitalar no último dia 15 de março, quando voltou para sua casa, em São Paulo. O ex-vice havia sido internado no dia 9 de fevereiro com peritonite, inflamação na membrana que reveste a cavidade abdominal. O problema foi causado por uma perfuração no intestino.

O ex-vice-presidente luta contra um câncer há mais de dez anos e já foi submetido a uma série de cirurgias para retirar tumores. Devido a seu estado de saúde, o tratamento contra a doença foi suspenso recentemente.

Luta contra o câncer

Em janeiro, quando deixou o hospital para receber uma homenagem da Prefeitura de São Paulo, Alencar lembrou mais uma vez a sua luta contra o câncer. Com a voz fraca e visivelmente debilitado, o ex-vice falou sentado em uma cadeira de rodas para cerca de 400 pessoas, entre elas o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

- O período longo em que fiquei ativo me trouxe essa dificuldade de locomoção. Estou fazendo fisioterapia e estou melhorando. [...] Não posso me queixar, mas tenho de fazer a minha parte. Estou lutando para não morrer e estamos vencendo com a força de Deus. E seja qual for o resultado, será uma vitória nossa.

Em um momento de grande emoção, Alencar afirmou que seria um "privilégio" morrer naquele momento, depois de tudo que já havia enfrentado.

- Se eu morrer agora, é um privilégio para mim, que a situação está tão boa, que não tem como melhorá-la.


Fonte: R7

Link: clique aqui para ler a matéria completa


Participe! Comente esta notícia